Busca

Notícias

Os processos administrativos de São Paulo estão prestes a ser 100% eletrônicos

Com a migração ao SEI, não será mais necessário o uso do papel

Desde 2015, a Prefeitura de São Paulo vem direcionando esforços para a implantação do Processo Eletrônico e adotou o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), desenvolvido e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) à Prefeitura em 2014 por meio de um Acordo de Cooperação Técnica (saiba mais sobre a implantação do SEI). O SEI permite a criação, o armazenamento, o controle, a assinatura de documentos e a tramitação de processos eletronicamente e seu uso é obrigatório para todas as Secretarias, Prefeituras Regionais e entidades da administração indireta, nos termos do Decreto Municipal nº 55.838/15.

A implantação do SEI na Prefeitura tem sido feita de maneira gradual, por migrações de tipos de processo para proporcionar o tempo necessário de adaptação dos servidores e da rotina de trabalho. A Secretaria Municipal de Gestão (SMG) e a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) determinam, por meio de Portaria Conjunta, os tipos de processo e a data a partir da qual cada novo tipo de processo deverá ser gerado no SEI.

O trabalho conjunto envolveu a capacitação de usuários, com parceria da EMASP para a realização dos cursos; operações assistidas com os servidores; inclusão de documentos e formulários utilizados em papel para o SEI; confecção de manuais e guias; cadastro de usuários e unidades e suporte diário às dúvidas e questões dos servidores.

Agora, estamos na reta final da migração, chegando a 82% do total dos processos gerados e todas as novas autuações serão feitas exclusivamente em meio digital até o início de outubro deste ano para cumprir a meta nº 43 do Programa de Metas da Cidade de São Paulo 2017-2020.

A partir dessa data, o Simproc será desativado para a autuação de novos processos e somente será utilizado para a tramitação, publicação e encerramento dos processos já autuados em papel. Esse desligamento vem ocorrendo desde novembro de 2017 e continuará até o fim da implantação do SEI.

 

Benefícios

A simplificação já começa no momento da autuação: são dispensáveis os procedimentos típicos do suporte em papel, tais como o capeamento, a geração de volumes, a inclusão de termos, a numeração de folhas, os carimbos e a aplicação de etiquetas.

Outro benefício está na economia de recursos. Foram poupadas mais de 16,4 milhões folhas em formato A4, o que equivale a 142 campos de futebol profissional e corresponde a pelo menos R$769 mil economizados em compra de papel. Até hoje, tivemos uma redução de 25% nos gastos com transporte na tramitação de processos (R$860 mil) e mais de 100 estantes deixaram de ser ocupadas com documentos físicos.

A eliminação do uso de papel, além de promover a sustentabilidade econômica e ambiental, também facilitou os procedimentos burocráticos. O SEI ampliou a transparência, a participação social e o acesso à informação; consolidando, então, um serviço público melhor estruturado, ágil e eficaz, com aumento da satisfação no atendimento à população.

Para conhecer mais indicadores do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) clique aqui.

Legado

O processo eletrônico abre um precedente histórico de transformação digital no cotidiano da Prefeitura de São Paulo. A finalização das migrações marca o início de uma forma de agir que é favorável a servidores e munícipes.

Para dúvidas sobre a publicação das Portarias Conjuntas, desligamento do Simproc, procedimentos e novidades, entre em contato com o SEI Suporte pelo e-mail seisuporte@prefeitura.sp.gov.br ou pelos telefones 3396-7077/ 7080/ 7079.

Saiba mais:

Migrações de processos

Decreto nº 57.868 de 12 de setembro de 2017

Meta 43 do Programa de Metas 2017-2020

 

Comentar

Comentários

4 comentários

  • d621880 disse:

    Não consigo acessar o sistema com a senha de acesso.

  • Maria Aparecida Sega Contesini disse:

    Não consigo acessar o site. Minha amiga advogada também não. Pedi ajuda de uma funcionária na R.Maria Paula, que não conseguiu. Concluo que o sistema precisa ser simplificado. Afinal, o objetivo da Prefeitura não é simplificar através do processo eletronico? Se estiver enganada, peço desculpas.

    • Isabella Galante disse:

      Oi Maria,
      O acesso ao SEI é para servidores públicos. As demais pessoas podem utilizar o Sistema através do módulo de consulta.

Secretaria Municipal de Gestão
Viaduto do Chá, 15, 8º andar
Centro
CEP 01002-020
Secretaria Municial de Inovação e Tecnologia
Rua Libero Bardaró, 425, 4º Andar
Centro
CEP 01009-905

(11) 3396-7080